Skate Para Meninas


Mais Conselho Feminino

Posted in Sem-categoria por evelynleine em 5 de dezembro de 2008

ed scander na quarta edição da reunião

ed scander na quarta edição da reunião

quinta-feira, 20 de novembro de 2008 18:41 PM
Texto por Ed Scander
Foto por Dhani Borges

O Conselho Feminino da CBSk está com os trabalhos a todos vapor, e o quarto encontro aconteceu em 08 de Novembro, no CEU Aricanduva em São Paulo (SP), ao lado do Shopping Aricanduva. Na ocasião compareceram Cintia Augusta, Marta Linaldi e Miriam Alves representando o Street, Renatinha Paschini representando o Vertical, Christie Aleixo pelo Downhil Speed e Longboard, Bruna Goveti pelo Slalom e Raquel Freitas pelo Downhill Slide além de Ed Scander pela CBSk e Diego Santos como ouvinte. A pauta desta vez foi a definição dos critérios para passagem de categoria em Feminino II e Feminino I em todas modalidades (Street, Mini Ramp, Banks, Downhill Slide, Longboard etc).

Após de escutarem as diferentes opiniões e haverem muitos consensos, o Conselho Feminino da CBSk decidiou que a partir de 2009 as seguintes regras estarão valendo:

– Para uma menina que compete no Feminino 2 passar para o Feminino 1, deverá permanecer nesta categoria no mínimo 2 anos e no máximo em 4 anos deverá virar Feminino 1
– O primeiro campeonato que a menina competir no começo do ano definirá sua categoria na temporada.
– Se não houver numa competição a categoria Feminino 2, as skatistas do Feminino 2 poderão competir com as do Feminino 1, não sendo obrigada a passar de categoria
– Se uma skatista do Feminino 2 competir no Feminino 1 num campeonato que não é oferecida a categoria Feminino 2, seus pontos não valerão para o Ranking do Bolsa Atleta
– Se uma menina correr no Feminino 1 havendo Feminino 2 no mesmo campeonato, ela não poderá voltar para Feminino 2, porém se esta não tiver 2 anos de competição será impedida de participar deste evento.
– As competidoras do Feminino 1 não poderão competir no Feminino 2 de nenhuma maneira, mesmo se num campeonato não houver Feminino 1.

Estas regras poderão ser alteradas no futuro caso seja vontade do Conselho Feminino da CBSk e este se reunir para tanto. Com estas quatro reuniões do Conselho, passos importantes foram dados para evolução das skategirls brasileiras e logo os primeiros frutos deste trabalho irão aparecer.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: